23 março 2006

Proposta de discussão - XV





Se Viggo Mortensen se tivesse ficado pela incursão no imaginário de J.R.R. Tolkien, guardaríamos para sempre a recordação do grande Aragorn, herói como poucos. Porém, Viggo Mortensen seguiu em frente e tornou-se protagonista de um filme de David Cronenberg.
Surge então a dúvida: estará Viggo Mortensen à altura de ser o actor principal de um filme como A History of Violence? Pergunto isto porque também recordo a sua prestação em The Portrait of a Lady e sou da opinião de que Viggo Mortensen não tem a versatilidade e o carisma necessários para ser um grande actor.
Qual a vossa opinião?

5 comentários:

gonn1000 disse...

A minha opinião é que o grande desempenho de Mortensen não se registou em nenhum desses filmes, mas no brilhante e subvalorizado "The Indian Runner", estreia de Sean Penn na realização (onde provou que estava à altura de ser um dos protagonistas de um filme melhor do que "A History of Violence").

mig_domingues disse...

Está mais do que à altura; está óptimo. Carisma não tem muito, não senhor, mas tem talento de sobra. O que se pede para este papel não é carisma, aliás, é auto-apagamento e explosão, em ocasionais doses controladas. E isso ele consegue. Basta ver como aqueles olhos mudam quando volta a ser Joey.

Creio que será o grande papel da carreira de Mortensen. Mas isso sou eu...

Take Care,
Miguel Domingues

Daniel Pereira disse...

Curioso (ou ando distraido): quando li este "post" fui ao IMDB convencido de que iria confirmar que apenas o tinha visto na trilogia "Lord of the Rings" e neste novo Cronenberg.

Afinal já o vi em muitos mais filmes, tanto em filmes de muito pouca qualidade como nalguns em que nem me lembro de o ver. A verdade é que nos filmes maus é difícil a um actor fazer qualquer coisa (deve filmar-se a ritmo telenovela).

Daí que volto como que ao meu primeiro pensamento: onde ele se poderia mostrar bom actor, nos dois primeiros filmes que mencionei, ele está em alta. Em "Lord of the Rings" dá corpo a um grande herói e em "A History of Violence" dá corpo a um grande anti-herói.

H. disse...

Eu concordo com o gonn1000. Em The Indian Runner Viggo Mortensen tem um papel muito bom e quase desconhecido. Em todos os filmes que o vi achei-o um secundário competente mas o seu Aragorn e agora A history of violence deram-lhe um estatuto de protagonista onde, até agora, ñ falhou (a meu ver).
Não me recordo de A portrait of a lady que já vi há muitos anos...

É um homem daqueles fabulosos, que junta à interpretação a música, a fotografia e a pintura. Eu não duvido que daqui para a frente saberá mover a sua carreira em boas direcções!

Joana Baguenier disse...

Penso que está muito bem no filme History of Violence mas não por ser um grande actor. Acho-o bastante fraco no Senhor dos Aneis, sobretudo em algumas cenas específicas.

Grande parte dos filmes de Cronenberg não se apoiam no jogo dos actores (Spider sendo provavelmente a única excepção). Apesar de History of Violence se centrar no personagem de Joey não penso que deixe espaço a Mortensen para um grande desempenho. Está bem dirigido e inserido na história, o papel assenta-lhe perfeitamente brincando com a percepção que dele tinhamos em super Aragorn.

Saí da sala de cinema mais convencida com o Viggo Mortensen mas não é a presença dele como protagonista ou seja o que for que me fará ir ver um filme.