21 março 2007

Há planos assim – XI

Só por este monstro já teria valido a pena…

5 comentários:

Hugo Alves disse...

Chama-me cinzento, mas "olhe que não, olhe que não" :-)

João Ricardo Branco disse...

Nem por este boneco valeu a pena...

Passando por cima da básica (e quase insultuosa) caracterização da realidade, penso que o lado fantasioso do filme é bastante medíocre. Francamente, parece que aquele conjunto de bonecos raquíticos foi retirado de um qualquer armário bafiento, fechado há umas boas décadas, e que foi já recuperado em desespero de causa...

wasted blues disse...

Cinzento :P

Mafalda, no mínimo perturbador!

Francisco Mendes disse...

Pois eu pertenço à fracção dos que considera isto sublime. E este segmento em particular (Pale Man), resulta numa disposição artística orgânica, que tem tanto de inquietante como inebriante.

Manuel disse...

Acabei de ver o filme e vim a correr para o computador. Isto porque,desculpem-me os "cinéfilos intelectuais",adorei,achei fantástico,saí da sala de "peito cheio".
E a minha amiga Mafalda,depois de ver o Hugh Grant(...),livre-se de me contrariar,nunca mais aqui venho! Estou a brincar...
Grande filme. Beijos e abraços.