27 março 2007

Ciclo Paul Bowles – CCB

The Sheltering Sky ou Um Chá no Deserto
Bernardo Bertolucci

Port Moresby: Could you be happy here?
Kit Moresby: Happy? Happy? How do you mean?

Narrator: Because we don't know when we will die, we get to think of life as an inexhaustible well, yet everything happens only a certain number of times, and a very small number, really. How many more times will you remember a certain afternoon of your childhood, some afternoon that's so deeply a part of your being that you can't even conceive of your life without it? Perhaps four or five times more, perhaps not even that. How many more times will you watch the full moon rise? Perhaps twenty. And yet it all seems limitless.
Pequeno Auditório cheio. Pessoas sentadas pelas escadas. Debra Winger no ecrã – que saudades desde Shadowlands. Lá está ela, chamam-lhe Kit Moresby. Incrível, lânguida, a sofrer por uma morte pressagiada. Mais tarde, depois da consumação daquela, há-de recusar o encontro com o luto.

2 comentários:

H. disse...

Só vi este filme uma vez, mas é daquelas imensidões bertoluccianas absolutamente poéticas, com um quê de devastador, sentidas ao máximo na confusão de mesmo sentir.

Bem, com isto acho que deu para perceber que gostei. Pena não ter passado pelo CCB para recordar...

Mafalda Azevedo disse...

Estamos totalmente de acordo…