29 dezembro 2005

Quando a comédia atinge a perfeição

" Osgood: I called Mama. She was so happy she cried. She wants you to have her wedding gown. It's white lace.
Daphne: Yeah, Osgood. I can't get married in your mother's dress. Ha ha. That-she and I, we are not built the same way.
Osgood: We can have it altered.
Daphne: Aw no you don't! Osgood, I'm gonna level with you. We can't get married at all.
Osgood: Why not?
Daphne: Well, in the first place, I'm not a natural blonde.
Osgood: Doesn't matter.
Daphne: I smoke. I smoke all the time.
Osgood: I don't care.
Daphne: Well, I have a terrible past. For three years now, I've been living with a saxophone player.
Osgood: I forgive you.
Daphne: I can never have children.
Osgood: We can adopt some.
Jerry-Daphne: But you don't understand, Osgood. Uh, I'm a man.
Osgood: Well, nobody's perfect. "
Some Like It Hot, 1959

10 comentários:

Joana Baguenier disse...

O intitulado do teu novo post faz-me logo pensar em To be or not to be de Lubitsch.

Aproveito para desejar um bom ano a todos e um bejiinho especial à Mafalda. Espero que continues a manter este blog com o mesmo dinamismo e simplicidade.

Ricardo Martins disse...

Quando este filme passa na tv, não consigo mudar de canal. É de morrer a rir. Pena nos dias de hoje ser dificil fazer comédias assim.

Hugo Alves disse...

Um clássico intemporal!

Mafalda, um 2006 com que há de melhor, eis os meus singelos votos!

Mafalda Azevedo disse...

Muito obrigada Hugo e igualmente!
Teremos muitos filmes para discutir ao longo de 2006! :)

Hugo Alves disse...

Discutir, ler o que dizes mm. Deixo a discussão para quem sabe do assunto. Ça veut dire toi, claro ;) (nisto do cinema sou um curioso, tão-somente)

De qualquer forma por cá andarei fazendo visitas. Sempre mudo de ares e livro-me da aridez do Direito e do Mestrado.

Um excelente 2006!

Daniel Pereira disse...

A melhor comédia de sempre, não? Bom ano.

Francisco Nogueira disse...

Tive muita pena de não o ir rever à cinemateca a semana passada...
Pelo post, estou a ver que foste...
Grande filme

Mafalda Azevedo disse...

Francisco Nogueira,

Fui sim! Uma grande comédia! Presta atenção aos comentários que têm sido escritos no post sobre revistas de cinema.
Contamos contigo?

Anónimo disse...

raul solnado é que é porreiro

Anónimo disse...

O Raul Solnado é amigo do Nicolau Breyner - grande actor, por sinal.