03 janeiro 2006

Assim se publicou



Capa da revista Celulóide, Março de 1964



Capa da revista Celulóide, Novembro de 1967



Capa da revista Celulóide, Fevereiro de 1974



Capa da revista Celulóide, Novembro de 1975



Capa da revista Celulóide, Março de 1976



Capa da revista Celulóide, Novembro de 1977

Quando surgirá uma nova revista de cinema escrita em português?

51 comentários:

Hugo Alves disse...

Desconhecia a vertente de alfarrabista do Misen en Abyme ;)

Infelizmente, acho que será algo muito difícil de aparecer no nosso quintal à beira-mar plantado... serei eu pessimista em demasia?

Mafalda Azevedo disse...

Parece-me que sim. Para que a revista surja, basta haver uma equipa com duas características fundamentais: vontade e capacidade de trabalho.

Cumprimentos "alfarrabistas" e até breve!

mig_domingues disse...

Isto lembra-me uma certa conversa que tivemos num dia de "política" num certo jornal académico.

Já cheguei a encetar um ou outro contacto para o efeito, mas ainda não tenho nada em concreto. A verdade é que gostaria de fazer algo do género, mas é difícil. Não impossível, no entanto. Bastam três coisas:

- uma geração de "turcos" à la Cahiers que o queiram fazer;

- 199% de trabalho e 1% de jeito;

- a maximização do único recurso que os jovens têm: Internet;

Será a nossa geração a fazê-lo?

Cumprimentos,
Miguel Domingues

Ricardo Martins disse...

Em primeiro lugar, parabéns à Mafalda, mais uma vez! Parabéns pelo cariz nostálgico do post e da velha Celulóide, e parabéns principalmente pelo facto de ser, sem sombra de dúvida, o post mais PERTINENTE em sites de cinema de todo o Portugal NESTE MOMENTO!

Em segundo lugar, subscrevo desarmadamente o que Miguel Domingues disse, pois é essencial acabar com a inércia. Não que eu esteja descontente com a revista Premiere, porque até cumpre bem os objectivos, mas penso que é necessário fazer um esforço qualquer, mesmo que não se traduza na criação de uma nova revista. Poderia ser uma produtora, uma coligação, um sindicato de bloguistas, sei lá.

O único ponto que o Miguel referiu e que eu não concordo a 100 por cento, é o da internet. Eu não sou muito fã desta comunicação à distância. Eu gostava de saber porque é que o pessoal que escreve para aqui ainda não se reuniu todo. O pessoal anda em debandada para blogs pessoais, mas esquece-se que a união faz a força.

Mais uma vez Mafalda - BOM POST!

Abraço a todos,
RM

Hugo Alves disse...

Pronto...convenceram-me...eu sou mesmo pessimista. A ideia do Miguel Domingues é edisoniana (luminosa). Uma revista à la cahiers du cinéma poderia ter o efeito de acordar o cinema luso...nunca se sabe quando poderíamos ter uma nouvelle vague à la Portugal ;)

Até breve!

Mafalda Azevedo disse...

Resposta para todos aqueles que ficaram entusiasmados com a ideia do post:

Mãos à obra!
Fazer uma nova revista de cinema não é impossível. Longe disso! Aliás, é um dos meus projectos para o futuro e não vou desistir assim tão facilmente!

P.S. Sou a favor da ideia de nos reunirmos. Repetindo: a união sempre fez a força!

Hugo Alves disse...

Avante! (nada de conotações políticas...) ;)

Mendes Ferreira disse...

p.a.r.a.b.e.n.s!


muitos "anos" de blogosferatos....:)


a.b.r.a.ç.o.

Duarte Temtem disse...

Eis um bom projecto para realizares no futuro!!!

Beijinho grande e os votos de um 2006 recheado de objectivos cumpridos e sonhos realizados.

Daniel Pereira disse...

Vamos lá embora, então.

mig_domingues disse...

Em relação ao que disse o Ricardo Martins, creio que a Internet, numa altura em que escasseia o poder de compra e escasseia , por conseguinte, o investimento, seria uma plataforma inicial importantíssima. É à distância, certo, mas permite pouco investimento material e, sobretudo, treino em barda. Ninguém fará do zero uma boa revista e lembro que os "turcos" ou já tinham experiência prévia - Truffaut escreveu na "Arts" - ou foram guiados por Bazin e por Valcroze. E como esses não há muitos para nos guiarem...

Quanto à reunião de esforços, 'bora lá. É só marcar dia, local e hora, pelo menos por mim...

Cumprimentos,
Miguel Domingues

Joana Baguenier disse...

Mafalda,

Podes contar com o meu apoio apesar de ter de ser à distância. Se puder ir ao encontro irei, claro. É tempo de fazer uma boa revista de cinema sem se inspirar demasiado de revistas de referência, os tempos mudaram.

Mafalda Azevedo disse...

:)
Ora bem! Assim sendo, toca a combinar o nosso encontro! No fim-de-semana de 14 e 15 de Janeiro?

Ricardo Martins disse...

Por mim, nesse fim de semana está perfeito.

Daniel Pereira disse...

Não é perfeito, mas arranjo-me. Contem comigo.

Mafalda Azevedo disse...

Óptimo! Assim já somos 3! Devo sublinhar que este encontro está aberto a qualquer pessoa que se sinta motivada a fazer algo pelo cinema e pela cultura em Portugal. Ficarei à espera de mais respostas!

mig_domingues disse...

Devido ao meu emprego, serei decerto ou o último a chegar ou o primeiro a partir. Mas estarei sem dúvida lá. Peço então que as cordeenadas espacio-temporais do encontro sejam avançadas logo que possível, para me organizar.


ALLEZ PESSOAL!!!!!

Miguel Domingues

Hugo Alves disse...

se houver lugar para um jurista com vontade esquecer o Mundo do Direito por umas horas, contem comigo ;)

Mafalda Azevedo disse...

Sugiro que o encontro se realize na noite de Sábado, dia 14, no bar Catacumbas em pleno Bairro Alto. Concordam? Discordam? Mais sugestões?

Hugo Alves disse...

há lugar para o jurista (moi-même)ou não??

o catacumbas é um sítio giro...será que a malta se (re)conhece pessoalmente ao vivo e a cores?

Mafalda Azevedo disse...

Claro que há lugar para o jurista! Que pergunta!
Catacumbas?

Hugo Alves disse...

Just checking, just checking ;) é um belo sítio ;) fico à espera de notificação definitiva, i.e. hora exacta ;)

Melhor do q o Catacumbas só o ....Chapitô

Mafalda Azevedo disse...

O Chapitô tem mais graça no Verão. No Inverno, apanha-se frio e nem se consegue apreciar a vista...

Daniel Pereira disse...

Catacumbas, noite de 14, sim. Horas?

Francisco Nogueira disse...

Hum... Podem contar com mais um, dentro das minhas possibilidades.

Sou da opinião do Miguel Domingues, antes de partir para uma aventura mais séria, envolvendo meios mais complexos para uma impressão e distribuição de uma revista em suporte de papel, o suporte digital é ideal.
Uma revista de cinema online penso que é uma boa solução (a melhor, suponho) pelo menos numa fase inicial. Para além de poder ser uma realidade a curto/médio prazo.

Ainda tenho que confirmar a minha disponibilidade dia 14 à noite, mas em princípio, contem comigo.

mig_domingues disse...

Oh, diabo!

Á noite é-me complicado, por dois motivos:

- não tenho forma, quando a noite avança, de voltar para casa;

- no Domingo trabalho cedo.

Preferia tipo uma almoçarada (coisas boas, tipo fast-food) onde nos pudessemos juntar, ou uma tarde num café ou algo do género. De qualquer modo, se for essa a data definitiva, verei o que posso fazer. Acho que um encontro destes vale o sacrificio.

Miguel Domingues

Joana Baguenier disse...

Como imaginas, não poderei ir Mafalda. Mas contem com a minha colaboração à distância e com o meu apoio para os projectos a vir.

Turat Bartoli disse...

Era só para dizer que sinceramente espero estar a "presenciar" algo histórico. Os meus mais calorosos e sinceros votos de apoio para este apaixonante/entusiasmante/fascinante projecto estão com todos vós. Toda a sorte e amor do Mundo para vocês- vontade é que parece não faltar.

Atentamente

PS: cada vez mais me lamento por viver na Madeira... esta é 1 razão monstruosa...

Daniel Pereira disse...

Só para dizer (por aqui) ao Miguel que não há problema algum em voltar para casa. Vou de carro e há lugar para mais para voltar à periferia. De qualquer forma, devo ser das pessoas com mais tempo livre, daí decidam-se.

Tiago Tejo disse...

Estou deveras muito contente com este "levantamento popular". Terei o maior dos gostos em me reunir convosco, claro, se o convite também chegar a mim. Ou melhor, se o espaço ainda aguentar com mais um.

Parece que quanto ao dia da semana, o Sábado é o melhor. Pessoalmente preferiria semana, mas será impossível arranjar um tempo comum a todos. Não?

Quanto ao espaço e às horas do dia, porque não nos reunimos ao início da tarde, por volta das 16 horas, na Cinemateca que é um espaço óptimo para tratar o assunto que há a discutir. Para refrescar as ideias jantamos qualquer coisa em qualquer lado. Depois, logo se vê se seguimos para o Bairro com o mesmo tema de conversa, ou não.

Mafalda... Catacumbas, muito bem. Eu sabia que um dia te revelarias de um excelente bom gosto. O melhor espaço de todo o Bairro Alto.

Tenho a pedir um favor que é: Mafalda, podes deixar-me ao corrente da situação mal tenham alguma coisa combinada? Durante a semana estarei em Lisboa, onde não acedo à net com a frequência que o faço ao fim-de-semana e ser-me-á impossível estar ao corrente dos desenvolvimentos.

Posso contar contigo?

Mafalda Azevedo disse...

Ora então toca a tomar decisões!

Depois de ler todos os comentários, parece-me que o melhor será marcar o nosso encontro para Sábado às 22h30 no Catacumbas. Desta forma, podemos aproveitar a tarde para tratar das nossas vidas (estudos, trabalhos) e dedicar a noite a uma conversa cultural... O que acham?
Cumprimentos a todos!

Daniel Pereira disse...

Por mim, tudo bem. Depois é preciso falar no reconhecimento.

Ricardo Martins disse...

Mafalda, não seria possível marcar a reunião sábado à tarde? É que eu tenho andado bué cansado por causa do trabalho e por uma série de desgraças que têm caído sobre mim. E também, 22.30 é abominavelmente...tarde!

Duvido que consiga manter a cabeça de pé, e moro em Mem Martins, perto de Sintra.

O meu mail é rdgmartins@hotmail.com. Diz aí o teu, para eu contactar rapidamente.

Abraço a todo o pessoal,
RM

mig_domingues disse...

Oi, pessoal, vamos por partes:

- se tenho boleia do Daniel, então pode ser á noite. Mas terá alguém de me ir buscar à estação do Chiado por volta das 23h40, pois saio às 23h. Pior, não sei onde fica o Catacumbas.

- A ideia do Ricardo é a melhor, a meu ver. Mas convinha-me mais cedo do que as 16 do Tiago Tejo (cumprimentos, rapaz), pois entro às 19h. Que tal 14h30? Mas à noite também está bem, com a minha emenda pessoalmente necessária.

Take Care,
Miguel Domingues

Miguel Lourenço Pereira disse...

A ideia é excelente Mafalda. Tenho pena de não tomar parte fisicamente, estando na Invicta, mas se for preciso qualquer colaboração de um "jovem turco" do Porto é só dizerem alguma coisa ;-)

boa sorte com esse encontro e que saia daí o futuro!

Mafalda Azevedo disse...

Joana Baguenier, Turat Bartoli e Miguel Lourenço Pereira,

Se o encontro de Sábado resultar em algum projecto, claro que contarei com a vossa ajuda ainda que seja à distância. Muito obrigada pelo apoio! :)

Todos os outros que podem estar presentes no dia 14,

Tenho pena que alguns não possam à noite. O Catacumbas parecia-me o sítio ideal. O que acham de combinarmos às 15h na Cinemateca?

Daniel Pereira disse...

Também acho que no Catacumbas se faria um belo ambiente para a nossa troca de ideias. De qualquer forma, também posso Sábado às 15h na Cinemateca.

Ricardo Martins disse...

Por mim está perfeito, às 15.00 na Cinemateca!

mig_domingues disse...

AGORA SIM!

Por mim, óptimo. Lá estarei, Sábado ás 15 na Cinemateca, se esse for o local e o momento final.

Miguel Domingues

Mafalda Azevedo disse...

Ah! Então está combinado!
Próximo Sábado, 15h na Cinemateca.
Conto com mais alguém? (Espero que sim!)

Tiago Cabral disse...

Cara Mafalda, como modo de te desejar boa sorte para este formidável projecto, aqui fica a hiper ligação para um site de uma fanzine que se tornou uma referência no mundo da música. http://www.mondobizarre.com/

Boa sorte

Mafalda Azevedo disse...

Muito obrigada! :)

Hugo Alves disse...

15 h na Cinemateca? Lá estarei...a ver se consigo acertar com as pessoas... (mil perdões pela demora na resposta) ;)

Hugo Alves disse...

quanto às formas de contacto, via mail é + rápido. eis o meu: hugo_r_alves@hotmail.com

Concha disse...

"(...)este encontro está aberto a qualquer pessoa que se sinta motivada a fazer algo pelo cinema e pela cultura em Portugal."

Então contem comigo!

Mafalda Azevedo disse...

Óptimo!
Contando comigo, temos 6 confirmações. Até Sábado, haverá mais alguma surpresa?

Daniel Pereira disse...

Sugestão: já que nos encontramos às 15h e vamos discutir um bom bocado, que tal vermos "A Grande Ilusão" do Renoir às 19h (pelo menos, eu ainda não vi), jantarmos e depois Catacumbas?

Ou se calhar isto é o megalómano que há em mim...

Mafalda Azevedo disse...

Olá Daniel! Provavelmente não poderei ficar tanto tempo assim no nosso encontro... A ver vamos! Há compromissos e obrigações que não posso adiar.
Até Sábado! Nada de atrasos! :)

mig_domingues disse...

Eu não poderei, mas "A Grande Ilusão" é um filmaço do camandro!
Bem-aventurados os que o forem ver.

Abraço,
Miguel

Ricardo Martins disse...

Não ficarei para "A Grande Ilusão", porque já o vi.

Aproveito para lançar um apelo ao pessoal que escreve para o blog da Mafalda, ou que já escreveu para aqui alguma vez, para perder a timidez e aparecer sábado. Quanto maior for o grupo, mais hipóteses tem de ser forte e marcar a diferença!

Proponho encontrarmo-nos junto do canto das revistas do bar da Cinemateca.

Inté,
Ric

Hugo Alves disse...

Quem puder ver, fique para "la grande ilusion".. ;) eu já vi e re-vi e não me canso de ver!