13 dezembro 2010

Feliz Natal e outros assuntos

.
Os leitores do Mise en Abyme, aqueles que vão seguindo os passos deste blogue há quase seis anos, queixam-se da falta de textos. E têm razão para tal. De facto, tenho optado pelas imagens em detrimento das palavras. E nem sempre essa escolha é sinal de preguiça ou de falta de tempo. Há alturas, e são mais comuns do que se poderia pensar, em que prefiro ficar calada. Continuo a gostar de partilhar momentos convosco, mas nem sempre tenho vontade de redigir textos. Pode ser uma fase, claro. Uma daquelas fases de absorção e de pouca reflexão escrita. Tenho passeado pelos universos do Paul Auster e do Rubem Fonseca, dançado ao som do Bruce Springsteen como nunca pensei vir a dançar e ficado verdadeiramente comovida com filmes e peças. O Tennessee Williams da Alexandra Lencastre e o Brecht do Miguel Guilherme, por exemplo. Ou a cena final do The Social Network que não me sai da cabeça. E eu que, ingenuamente, achava que o David Fincher já não me podia comover mais do que na altura em que filmou a Cate Blanchett no The Curious Case of Benjamin Button. Mas enfim. Indo directa ao assunto. Desejo, o mais sinceramente possível, um feliz Natal e um excelente 2011 a todos aqueles que me lêem. Talvez 2011 esteja repleto de aventuras e de grandes textos. Esperemos que sim. Eu estarei por aqui. Espero encontrar-vos por cá.

6 comentários:

Francisco Valente disse...

Obrigado e Feliz Natal ao Mise en Abyme.

Manuel disse...

Dançando ao som do Bruce Springsteen ?...Progressos !!!
Agora só falta o Van Morrison...
Bom ano.

Miguel Marujo disse...

um beijo. de natal cheio.

mnm disse...

Um beijinho e boas festas, Mafalda! Textos, fotos, poucas palavras, muitas palavras, o que tu quiseres! é sempre bom e interessante passar pelo teu blog.

:)

MKB disse...

E eu... tenho cá vindo tantas vezes como vou ao meu blog :)
Feliz ano 2011.

Mafalda Azevedo disse...

... oh! Muito obrigada a todos e um grande beijinho.