27 agosto 2009

Então é assim?

-
Mais uma insónia. Ligo a televisão e dou de caras com duas estrelas do meu cinema, a Jennifer Beals e a Cybill Shepherd, a contracenarem numa série sobre lésbicas. Parece que se chama The L Word e que toda a gente sabe o que é. Eu não sabia e achei uma valente porcaria. Duas actrizes a chafurdarem num filme pornográfico que nem se assume como tal. Uma tristeza.

5 comentários:

Anónimo disse...

Só agora ficaste a conhecer? É verdade, essa série não vale nada! Não deve ter havido uma lésbica de verdade a integrar a equipa de guionistas... É uma série feita por homens, para homens (tarados).
Nabur

significados disse...

Sim, a L Word já tem 6 temporadas portanto já é antiga. Comprei há pouco tempo a série, porque tinha ouvido muito boas críticas, mas confesso que ainda não tive tempo de ver um único episódio.

Patrícia Mouro disse...

Concordo plenamente. A série é má. Nada tem que ver com a realidade e por favor, dá uma imagem de lésbicas um bocadinho aborrecida. Será que elas gostam?

Mafalda Azevedo disse...

Aposto que elas não gostam!

Miguel Marujo disse...

o tema é polémico também entre elas, muitas gostam, outras não, mas a maioria tende a achar importante por trazer o tema para o mainstream: uma amostra - http://paradalesbica.com.br/universo-les/the-l-word/
já agora, a série foi criada por uma mulher: http://en.wikipedia.org/wiki/Ilene_Chaiken