30 julho 2009

Smart People


Há fases na vida em que uma pessoa não sabe de que lado da barricada é que quer estar. E há momentos em que o sabe perfeitamente e não tem vontade de mexer um dedo. E também há alturas, e essas talvez sejam as mais dolorosas, em que nos penitenciamos pelo nosso percurso, pelas escolhas feitas e pelas opções tomadas.
-
O Professor Lawrence Wetherhold procurava uma editora para o seu livro e encontrou-a. E até é a Penguin. O problema é que a obra vai ser reduzida a uma peça de escrita discutível e nunca será um volume sério de crítica literária.
-
O Mise en Abyme aceita que este não seja o problema central de Smart People. E também aceita que a cena final, de que gostou tanto, passe ao lado das necessidades de afirmação dos espectadores. (Mas não resiste a recomendá-la.)

2 comentários:

Anónimo disse...

ok. Convenceste-me.

Nabur

Mafalda Azevedo disse...

=)